Sexta-feira, Junho 21, 2024
14.5 C
Braga
BragaBraga: Executivo de São Vicente reuniu com moradores da Urbanização de Infias...

Braga: Executivo de São Vicente reuniu com moradores da Urbanização de Infias para “dar solução” ao trânsito

© Junta de Freguesia de São Vicente

No passado sábado decorreu mais uma iniciativa de “Presidência de Proximidade”, da Junta de Freguesia de São Vicente, em Braga.

A Presidência de Proximidade é uma iniciativa pioneira no concelho de Braga que visa aproximar o Executivo da Junta de Freguesia dos seus cidadãos. Até ao momento, o executivo realizou mais de quatro visitas de proximidade a urbanizações e locais de São Vicente que “permitiram intervenções de melhoria na freguesia resultado de revindicações no local por parte dos moradores e fregueses”. 

Nesse sábado, Daniel Pinto, presidente da Junta de Freguesia de São Vicente e a sua equipa, estiveram na Urbanização de Infias a ouvir e falar com dezenas de moradores que reivindicaram a “necessidade de uma intervenção de acalmia do tráfego automóvel e da reorganização do parqueamento e sentidos de trânsito nas ruas da urbanização”. “O Executivo da junta teve a oportunidade de esclarecer os moradores que já foram feitas algumas melhorias nos últimos tempos, mas que irá, junto do Município, encetar os esforços necessários para a conceção de um projeto estruturante afim de melhorar a zona”, disse o presidente. 

Contudo, Daniel Pinto referiu que “esta é uma urbanização que tem sido fustigada pela inércia na resolução do Nó de Infias. Contudo, vamos procurar no imediato alterações que possam ter um impacto significativo a nível de trânsito e estacionamento. Porém, é importante nesta fase eleitoral os partidos identificarem a resolução do Nó de Infias como uma prioridade nacional”.

Esta foi uma das iniciativas da Presidência de Proximidade “mais participadas”, em que o Executivo da Junta de São Vicente sentiu que “os vicentinos são uma comunidade preocupada com o espaço público e bem comum”.

Daniel Pinto acrescentou que “esperemos que o Município avance com uma solução conjugada com os interesses dos moradores e os mesmos devem ser auscultados nesse processo. Reafirmo, que o Nó de Infias é essencial para a resolução definitiva deste problema e que a Junta de São Vicente espera novos desenvolvimentos neste processo para breve, se assim não for, vai reagir através de todos os meios que dispõem à sua disposição para garantir a qualidade de vida aos seus fregueses”.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES