Quarta-feira, Agosto 10, 2022
26 C
Braga
InícioBragaBraga e equipa coordenadora fazem avaliação positiva do projeto “Milage Aprender+”

Braga e equipa coordenadora fazem avaliação positiva do projeto “Milage Aprender+”

© CM Braga

O Município de Braga, em parceria com a Universidade do Algarve, desenvolve o projeto “Milage Aprender+”. Este programa visa alargar as aprendizagens para espaços de salas de aula virtuais num sistema de aprendizagem misto, procurando garantir a motivação e a melhoria das aprendizagens na área da Matemática, mas também noutras áreas de ensino. A plataforma permite ainda aos alunos acederem a conteúdos pedagógicos, dentro e fora da sala de aula. Para fazer uma avaliação da implementação do projeto nas escolas, a equipa coordenadora e a vereadora da Educação reuniram no sentido de avaliar o ano letivo transato e planear a implementação do projeto no próximo ano.

Desta reunião de avaliação concluiu-se que os resultados evidenciam que o uso da plataforma é bastante regular e planeado, sobretudo em sala de aula, mas também remotamente. Destacaram-se as amplas potencialidades pedagógicas assinaladas no uso da plataforma digital, considerando que este recurso é benéfico para proporcionar melhorias no envolvimento ativo e autónomo dos alunos; na sua confiança e motivação no trabalho para ultrapassar dificuldades, promovendo a sua aprendizagem da Matemática.  Esta avaliação foi realizada pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, como entidade externa ao projeto.

Carla Sepúlveda, vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga, lembra que a Matemática é uma ciência de grande importância para o desenvolvimento social e cultural das crianças, sendo que a sua aprendizagem deve incentivar a curiosidade e desenvolver a capacidade de formar e resolver problemas que contribuam para a compreensão, auxílio e intervenção no mundo que as rodeia. “Temos o dever de proporcionar oportunidades de fomento da aprendizagem das várias áreas disciplinares do currículo. É certo que o professor tem um papel fundamental no desenvolvimento pelo gosto das matérias devendo facultar múltiplas experiências, apoiando a reflexão e pensamento crítico dos nossos alunos. No entanto, é fundamental que estas ferramentas sejam disponibilizadas aos nossos Professores para que lhes seja permitido desenvolver aulas mais ativas e com acesso a novas experiências didáticas”.

A equipa coordenadora do projeto evidenciou o empenho e dedicação da comunidade educativa de Braga na implementação de novas metodologias que permitem o desenvolvimento da capacidade pedagógica dos Professores e a aquisição de novas competências por parte dos alunos. Felicitou também o Município de Braga pelo investimento em projetos que promovem a prática do ensino e aprendizagem. Em Braga estão envolvidos no projeto os Agrupamentos de Escolas Alberto Sampaio, Carlos Amarante, Celeirós, André Soares, Francisco Sanches, Maximinos, Mosteiro e Cávado, Real, Trigal Santa Maria e D. Maria II.

“Acredito que a aprendizagem deve respeitar e possibilitar a diversidade para que, em contexto de sala de aula, as abordagens possam ser cada vez mais inclusivas para o Professor e aluno. É com base nesta aspiração e na avaliação tão positiva do ‘Milage Aprender+’ que o Município continuará a apostar e investir em projetos que se verifiquem como uma mais-valia no desenvolvimento de novas competências e na melhoria das aprendizagens dos nossos alunos”, conclui Carla Sepúlveda.

O projeto, que abrange o território nacional, é direccionado a professores e alunos do 2.º e 3.º ciclos de ensino e tem como principais objetivos a promoção da qualidade do ensino/aprendizagem da matemática para espaços de salas de aula virtuais; implementar o plano de inovação e promoção do sucesso escolar com as salas “Aprender+ Matemática” e promover a divulgação do projeto e dos recursos produzidos, propondo a utilização dos mesmos junto dos Agrupamentos de Escolas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS