Sexta-feira, Agosto 12, 2022
18.8 C
Braga
InícioBragaBraga: Descentrar leva teatro, circo e música clássica a Arentim e Cunha

Braga: Descentrar leva teatro, circo e música clássica a Arentim e Cunha

© O Reino Branco – Malad’arte

Depois do sucesso do último fim de semana, o programa cultural “Descentrar“, promovido pelo Município de Braga, ruma este sábado, 30 de julho, até à União de Arentim e Cunha com uma jornada repleta de atividades para todos os públicos.

O programa cultural arranca pelas 11:00, no auditório da Junta de Freguesia de Arentim, com a peça de teatro “O Reino Branco” pelos Malad´Arte. Uma criança desanimada por viver numa aldeia vazia, sem amigos, sem alegria e sem sol é ajudada pela imaginação a encontrar um lugar perfeito para viver.

Já da parte da tarde, pelas 17:00, no Parque de Merendas de Cunha será apresentado o espetáculo de circo contemporâneo “Otus Extracts” de Oliveira & Bachtler [PT/US]. Dois seres que habitam um mundo abstrato, Otus está enraizado na natureza humana. Utilizando técnicas de circo, teatro físico, movimento, palhaço e cenografia, Otus explora a tensão, o espaço entre os objetos e o mundo de madeira em que residem. Com precárias de tábuas de madeira empilhadas, uma corda, uma mesa e um trapézio, o seu território particular está estabelecido.

Pelas 21:30, a Igreja Paroquial de Cunha irá receber o concerto comentado “Variações”, pela Sinfonietta de Braga. O termo variação designa originalmente um processo técnico de ornamentação que permite tocar uma obra de forma não idêntica à sua configuração inicial. A partir do séc. XVI, a palavra vem a definir uma forma musical que mistura o que é diverso com o que é homogéneo, e que é até aos nossos dias utilizada também como fórmula de homenagem de um músico ao outro.

Refira-se que o Descentrar 2022 vem acompanhado de mais música, mais teatro, mais circo e mais eventos em muitos mais espaços do concelho. No total, a programação cultural chega a treze freguesias, praticamente o dobro das localidades abrangidas pelo programa no ano passado. Todas as iniciativas culturais são de entrada livre, embora limitada e condicionada à lotação do espaço em que decorrem.

Até dezembro estão a decorrer cerca de 30 eventos, num programa cultural único, desenhado para cada local através de um conjunto de espetáculos de novo circo e de teatro, concertos, visitas-guiadas a espaços patrimoniais e concertos comentados de música clássica e erudita.

O programa está disponível aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS