Quarta-feira, Dezembro 7, 2022
15.6 C
Braga
InícioBragaBraga: Descentrar leva música e teatro a Mire de Tibães

Braga: Descentrar leva música e teatro a Mire de Tibães

© CM Braga

Mire de Tibães, em Braga, é o próximo ponto de encontro do Descentrar. O programa cultural promovido pelo Município vai levar, no próximo dia 5 de novembro até ao Mosteiro de Tibães um périplo repleto de conhecimento, música e teatro, desafiando assim toda a população a desfrutar da cultura local.

A jornada arranca com uma visita guiada ao Mosteiro de Tibães, às 15:00. Fundado no século XI, obedecendo à regra beneditina, o Mosteiro da freguesia de Mire de Tibães tornou-se Casa-mãe da Congregação de S. Bento dos Reinos de Portugal a partir de 1567, estatuto que manteve até à sua extinção, em 1834. Este espaço atingiu o seu máximo esplendor nos séculos XVII e XVIII emergindo como um importante centro difusor de Educação, da Arte e da Cultura Portuguesas. Após o encerramento do mosteiro, a atividade religiosa manteve-se até aos dias de hoje, ficando a igreja, a sacristia e o claustro do cemitério em uso paroquial. Em 1944 foi classificado como Imóvel de Interesse Público e atualmente as suas portas estão abertas ao público com um vasto conjunto de iniciativas educativas e culturais.

A visita guiada terá a duração de 30 minutos e é de entrada livre. No entanto, a sessão é limitada à lotação do espaço, estando sujeita a inscrição prévia.

Às 17:00, o Mosteiro de Tibães dá palco à peça de teatro “Mercadores”. Neste espetáculo o grupo Malad’Arte vão apresentar a história de Eva, uma menina alegre e distraída, que acha que a vida é curta demais para encarnar apenas uma personagem. Adora contar histórias, mas fica triste por não ter ninguém a quem as contar. A atenção que o seu pai lhe deveria dar é adiada dia após dia. Num dia feliz, Eva convence o seu pai a adiar a ida para o mercado e tenta mostrar que há muito mais na vida para além do trabalho. Entre músicas e brincadeiras, Eva consegue passar um momento único de ternura e felicidade com o seu Pai.

Para fechar a jornada cultural, às 19:00, entram em cena a Sinfonietta de Braga e Paulina Sá Machado com o concerto comentado “Afeto e sentimento”. Depois de uma estreia apoteótica no último dia da Braga Barroca, diante de uma sala esgotada, Paulina Sá Machado junta-se agora à Orquestra Sinfonietta de Braga para encerrar a quinta edição do ciclo ‘Falando de Música’. Formada em canto pelo Conservatório Calouste Gulbenkian e pela ESART-IPCB, nas classes de Dora Rodrigues e Elisabete Matos, a soprano bracarense é já uma voz familiar da maioria dos palcos portugueses. Apresenta-se agora num programa carregado de “pathos” e tributário à monumentalidade do espaço que o acolhe, que também já é uma “casa” familiar para a Sinfonietta.

O programa cultural, que arrancou no mês de abril, conta com uma programação que chega a treze freguesias do município. Assim, até dezembro, o Descentrar vai continuar a apresentar programas desenhados para cada local através de um conjunto de espetáculos de novo circo e de teatro, concertos, visitas-guiadas a espaços patrimoniais e concertos comentados de música clássica e erudita.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS