Domingo, Outubro 17, 2021
20 C
Braga
InícioBragaBraga: Braga: Rui Dória pretende colaborar com associações de moradores para disponibilizar...

Braga: Braga: Rui Dória pretende colaborar com associações de moradores para disponibilizar mais apoios

© PS São Victor

A candidatura do Partido Socialista à Junta de Freguesia de São Victor, em Braga, reuniu com as Associações de Moradores do Bairro da Alegria e das Enguardas e com o grupo informal de moradores da urbanização da Makro.

Representada pelo seu presidente Sebastião Ribeiro, a Associação de Moradores do Bairro da Alegria deu a conhecer algumas das suas atividades, fazendo saber que “as principais pretensões da associação passam, neste momento, por ter um espaço onde possa estabelecer a sua sede social e alargar a sua área de intervenção até à Quinta da Armada”.

Sebastião Ribeiro deu também a conhecer alguns problemas que “afetam presentemente o Bairro da Alegria”, afirmando que “está instituída no Bairro da Alegria uma verdadeira caça à multa, sendo os moradores frequentemente autuados pela PSP, numa zona que em que a mobilidade é uma miséria”.

O presidente da Associações de Moradores do Bairro da Alegria alertou também para o facto de “ser necessária uma intervenção de requalificação da via que liga o Bairro da Alegria à Rua Nova de Santa Cruz, tendo a Câmara Municipal apresentado já um projeto e prometido executar a obra até ao final deste ano, não tendo, contudo, até à data, sido apresentado qualquer plano de execução”.

António Araújo, presidente da Associação de Moradores das Enguardas, expressou a sua “preocupação em relação ao projeto da Câmara Municipal em construir mais 40 fogos de habitação social no Bairro das Enguardas no único espaço verde existente naquela zona”, alertando para o facto que “a sua construção irá contribuir para uma maior guetização do bairro além de estar projetada para um local com problemas de drenagem de águas pluviais”.

Por sua vez, Elisabete Lisboa, do grupo de moradores da urbanização da Makro, deu a conhecer os “constrangimentos existentes na urbanização da Makro após a implementação da Zona 30”. “Numa zona em que o número de garagens é limitado face ao número de apartamentos existente”, Elisabete Lisboa alertou para o facto de “a intervenção ter eliminado entre 60 a 100 lugares de estacionamento, dificultado o próprio acesso às garagens e aumentado as dificuldades de circulação para as pessoas com mobilidade reduzida”.

Face ao exposto, Rui Dória aproveitou para reiterar a “importância deste tipo de associações”, afirmando que, com o Partido Socialista, “as grandes medidas estratégicas e de impacto urbanístico terão sempre o parecer das Associações de Moradores, em contraponto com aquela que tem vindo a ser a forma de atuar do atual executivo municipal”. Rui Dória prometeu também, caso seja eleito presidente, “desenhar um protocolo de colaboração entre a Junta de Freguesia e as associações de moradores por forma a disponibilizar um apoio mais efetivo às suas atividades e contribuir para a preservação e incentivo de um bairrismo que incuta nos moradores um sentimento de pertença à comunidade onde estão inseridos”.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS