Sexta-feira, Abril 12, 2024
20.5 C
Braga
PolíticaLegislativasBloco de Esquerda quer novo edifício em Famalicão para acolher a área...

Bloco de Esquerda quer novo edifício em Famalicão para acolher a área de saúde mental

© Bloco de Esquerda

O Bloco de Esquerda reuniu com a administração da Unidade Local de Saúde (ULS) do Médio Ave, que integra as unidades hospitalares de Famalicão e Santo Tirso.

Para o partido, “é necessário um novo edifício em Famalicão para acolher a área de saúde mental”. “O Centro Hospitalar do Médio Ave, agora Unidade Local de Saúde, finalizou a construção do novo edifício em Santo Tirso que já está em funcionamento”, refere Bruno Maia, cabeça de lista do Bloco de Esquerda no distrito de Braga.

“É agora necessário um novo edifício em Famalicão para dedicar, entre outras especialidades, à saúde mental, cujas necessidades têm aumentado no nosso distrito. Há falta de alguns especialistas mas há também um esforço de manutenção dos cuidados de saúde essenciais à população. Com todas as dificuldades que o SNS tem enfrentado, este é um bom exemplo de que uma boa gestão pública pode melhorar os cuidados de saúde das populações“, acrescenta Bruno Maia.

O bloquista sustenta que “é fundamental capacitar o Serviço Nacional de Saúde e dignificar as carreiras dos seus profissionais. Por isso, defendemos a criação de regime de exclusividade, com majoração de 40% sobre o salário bem como  a autonomia e responsabilização das administrações das unidades do SNS que permitam resposta adequada e em tempo útil às necessidades de cada momento”.

A comitiva do Bloco de Esquerda presente na reunião foi também constituída por Miguel Roque, de Famalicão, e Miguel Correia, membro da lista do Bloco de Esquerda no distrito do Porto, do concelho de Santo Tirso.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES