Quinta-feira, Junho 20, 2024
18.9 C
Braga
RegiãoBarcelosBarcelos lança concurso público de 8,8 milhões de euros para fechar a...

Barcelos lança concurso público de 8,8 milhões de euros para fechar a circular urbana

© CM Barcelos

A Câmara Municipal de Barcelos vai lançar um concurso público internacional de 8,8 milhões de euros para o fecho da Circular Urbana, disse Mário Constantino, presidente da Câmara Municipal.

O autarca sublinhou que, desde que tomou posse, este dossiê tem merecido “prioridade absoluta para a maioria Barcelos Mais Futuro”.

“Quando o atual executivo camarário tomou posse, julgava que a empreitada tinha as condições mínimas para poder ser lançada a concurso. Sucede, no entanto, que logo percebemos que este processo nem sequer estava na gaveta, antes estava empacotado, sem qualquer avanço, pelo menos desde 2012”, lamentou Mário Constantino.

No decorrer da apresentação do projeto, o autarca declarou que este momento tem “grande significado para o Executivo Municipal e para os barcelenses”. Enumerando as virtualidades da concretização desta empreitada, o presidente da Câmara disse que “esta obra vai melhorar, de forma muito significativa, a mobilidade de entrada e saída de Barcelos, pois trata-se de uma empreitada que está para ser feita há mais de 20 anos, correspondendo aos anseios, não só da população do concelho, como de milhares de automobilistas que há décadas sofrem de grandes constrangimentos, vendo-se obrigados a utilizar vias que estrangulam o tráfego rodoviário e causam incómodos e prejuízos”.

O edil barcelense realçou que “com o lançamento e posterior execução desta empreitada, cumprir-se-á uma das grandes prioridades, um objetivo muito importante e um dos grandes compromissos eleitorais da atual maioria”. Lamentando que “o anterior Executivo do Partido Socialista tivesse este importante projeto para Barcelos parado mais de 10 anos”, o autarca disse que agora “há que recuperar o tempo perdido e tentar concretizar a obra, alertando todavia que ainda vai demorar o seu tempo, pois só para o concurso público serão precisos entre oito a dez meses”.

A empreitada contempla a “Construção do Lanço de ligação entre a Estrada Municipal 556 (Nó de Barcelinhos/Rio Covo Stª Eugénia) e a EN103 (Nó de Gamil/Rio Covo Santa Eugénia), incluindo o prolongamento da Rua do Pinheiro, com interseção no Complexo Rodoviário de Barcelos, em Rio Covo Stª Eugénia”.

O prazo estipulado para a execução da empreitada será de 18 meses, em que os trabalhos incidem sobre 3 quilómetros e 351 metros de vias. A solução construtiva vai “fechar o anel do complexo rodoviário de Barcelos”, sendo a interceção com a Estrada Nacional 103 feita através da construção de uma rotunda desnivelada.

Na ligação desnivelada com a EN103 está prevista a construção de um viaduto com 60 metros de extensão.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES