Segunda-feira, Junho 21, 2021
15.9 C
Braga
InícioRegiãoBarcelosBarcelos apresentou resultados das edições do Orçamento Participativo

Barcelos apresentou resultados das edições do Orçamento Participativo

CM Barcelos

Miguel Costa Gomes, presidente da Câmara Municipal de Barcelos, acompanhado pelo presidente da Assembleia Municipal, Horácio Barra, apresentou, no Auditório dos Paços do Concelho, os resultados da primeira e segunda edições do Orçamento Participativo de Barcelos.

Face ao contexto da pandemia da Covid-19, a sessão pública da primeira edição não foi possível realizar, tendo transitado para esta sessão, que contou com os proponentes e os vencedores das duas edições do Orçamento Participativo, e que teve como objetivo apresentar publicamente todos os projetos, onde, também, foram atribuídos os respetivos diplomas de participação.

Recorde-se que, na primeira edição, foram apresentadas 61 propostas, das quais foram admitidas 38 ideias e 12 projetos vencedores, com um valor total de 485 mil euros.

Miguel Costa Gomes referiu que “hoje cumpre-se um dos eixos estratégicos que este Executivo tem colocado ao serviço do concelho de Barcelos, que passa por promover a democracia participativa e o envolvimento dos cidadãos na construção da sua cidade”.

“Neste contexto pandémico em que vivemos, Barcelos perseverou, insistiu e conseguiu manter a sua aposta no Orçamento Participativo. Foi preciso adaptação e procurar novas formas de estar mais próximos dos munícipes, mas o resultado final demonstra bem o sucesso desta iniciativa e mostrou, igualmente, que não estamos sós e que os barcelenses, apesar da situação atual, continuam a querer estar presentes na construção do futuro da sua cidade”, acrescentou.

O presidente da Câmara Municipal de Barcelos agradeceu a todos os que participaram, “enviando as suas propostas para a cidade e também a todos aqueles que contribuíram com os seus votos para eleger os projetos vencedores. Este Executivo continuará a trabalhar a cidade assente numa política de proximidade e no fortalecimento da democracia local, ampliando a transparência da administração municipal, reforçando a cidadania e afirmando os laços de confiança entre a Câmara e os barcelenses. É com muita satisfação que digo que o que fizeram foi um ato de cidadania, um ato cívico daquilo que é a vontade e o vosso querer”.

Este ano, a Autarquia criou uma plataforma online para submissão de propostas e implementou um sistema de votação por SMS para facilitar o processo de participação. Ao todo, foram apresentadas 74 propostas, das quais foram admitidas 69 ideias e 10 projetos vencedores, com um valor total de 500 mil euros. Durante a votação foram recebidos 11269 votos e o site do Município obteve 300 mil visualizações.

O Orçamento Participativo de 2021 elegeu como tema a “Felicidade”, tendo como objetivos promover a participação informada, ativa e construtiva dos cidadãos e incentivar o diálogo entre os munícipes e os eleitos locais, bem como adequar as políticas públicas municipais às necessidades e expectativas da população.

Destinava-se a cidadãos com 16 anos de idade ou mais, que fossem naturais, residissem, trabalhassem ou estudassem no concelho de Barcelos e que pretendessem apresentar projetos que visassem melhorar a qualidade de vida dos munícipes.

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS