Domingo, Junho 23, 2024
31.7 C
Braga
AtualidadeAlunos da UMinho estreiam-se na Fórmula 1 universitária

Alunos da UMinho estreiam-se na Fórmula 1 universitária

© UMinho

A UMinho estreia-se, na próxima segunda-feira, na Formula Student, disputada anualmente por estudantes do ensino superior em circuitos de todo o mundo. A estreia vai ser em contexto europeu, no kartódromo de Castelo Branco, e na classe 2 (protótipo virtual). A equipa chama-se FSUMinho e vai apresentar o design, os custos e a produção do seu futuro veículo elétrico, quer ao júri como a possíveis investidores.

Até 5 de agosto há 26 equipas a concurso, que vêm da Espanha, França, Israel, Itália, Reino Unido, Roménia e Portugal (neste caso, de Aveiro, Coimbra, Guimarães, Leiria, Lisboa, Porto e Santarém). É a primeira vez que esta prova europeia se realiza em Portugal e com tendência a abrir-se a equipas de outros continentes.

“Esta competição é uma forma de defender e aprovar o projeto do nosso carro. No final, vai ser uma espécie de luz verde para o construirmos fisicamente e de evoluirmos nos próximos dois anos”, explica o team leader da FSUMinho, Francisco Forte. Esta equipa reúne 35 estudantes de Engenharia Eletrónica, Mecânica, Informática, Materiais, Gestão Industrial e Sistemas de Informação. “Estamos muito motivados e a prova pode permitir visibilidade, networking e patrocinadores”, realça o aluno Duarte Leitão, do 2º ano de Informática. “É uma experiência divertida e de aprendizagem, estamos a aplicar o que temos no plano de estudos para o trabalho em grupo, desde projetar, avaliar e tomar decisões importantes”, acrescenta. Aumentar as soft skills e interligar a indústria são outros dos objetivos.

A FSUMinho nasceu em 2021, tem sede no campus de Azurém (Guimarães) e cinco secções: ManagementBodyElectronics & softwarePower train; e Drive train. Aberto a alunos de outros cursos, o grupo já avançou nos pormenores técnicos de bateria, pneus e botões do volante, construiu uma estrutura básica do cockpit para aferir dados ergonómicos e continua a aplicar os conhecimentos adquiridos no futuro monolugar de 270kg.

Em breve precisará de investir em peças e materiais, equipamentos, formações, inscrições e deslocações para competir em circuitos próximos, como Barcelona (Espanha) e Parma (Itália). Para já, tem tido o apoio da Reitoria, da Escola de Engenharia, do Departamento de Engenharia Mecânica, da Associação Académica e de nove núcleos estudantis na UMinho, a par de interfaces como a Fibrenamics e o Polo de Inovação em Engenharia de Polímeros.

O que é a Formula Student?

Nesta competição automóvel entre universidades, a conceção, o desenho e o fabrico de um veículo tipo Fórmula envolve apenas alunos. Surgiu em 1978 nos EUA, como Formula SAE, e a versão britânica Formula Student apareceu em 1998, através do Instituto de Engenharia Mecânica (Reino Unido), com a parceria da Sociedade de Engenheiros da Mobilidade (EUA). As provas ocorrem em pistas como Silverstone (Inglaterra), Hockeinheim (Alemanha) ou da Fiat (Itália).

A filosofia é construir os melhores carros e estimular soluções tecnológicas inovadoras, dentro de um apertado orçamento e das regras complexas das provas sob a égide da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). As provas dinâmicas, por exemplo, pontuam a aceleração, o autocross, a economia de fuel e a endurance. Os protótipos de combustão têm em geral propulsores de mota até 615cc, podendo acelerar aos 100km/h em 4 segundos e superar os 150km/h.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES