Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024
10.1 C
Braga
InícioBraga“A Semana Santa de Braga” é o tema da XX edição do...

“A Semana Santa de Braga” é o tema da XX edição do Concurso Municipal de Fotografia

© CM Braga

O Concurso Municipal de Fotografia de Braga celebra, este ano, vinte anos de edições ininterruptas. Ao longo da sua existência evocaram-se e celebraram-se múltiplas facetas do património cultural bracarense.

Nestas edições incluíram os principais eventos festivos como a Braga Romana, Capital Europeia da Juventude, Noite Branca ou Festas de São João.

Nesta XX edição, o tema será “A Semana Santa de Braga”, completando-se o quadro de evocação e celebração das mais importantes festividades de Braga. Esta edição do concurso de fotografia decorrerá entre os dias 1 e 11 de abril, período em que se celebram as solenidades da Semana Santa e Páscoa de Braga, sendo a participação limitada a 54 concorrentes.

As inscrições no concurso serão abertas ao público a partir de segunda-feira, dia 6 de março, devendo ser efetuadas online através do e-mail [email protected].

As inscrições devem fazer-se acompanhar do preenchimento da ficha de inscrição e termo de responsabilidade, que podem ser descarregados aqui.

Esta edição irá atribuir 1.400 euros que serão distribuídos por quatro concorrentes. Junta-se a este um valor de 400 euros, a atribuir em numerário, homenageando o Instituto D. João Novais e Sousa pela entusiasta e constante participação dos seus utentes nas edições do concurso, conferindo-lhe uma relevante dimensão social e inclusiva.

Assim, nesta edição pretende-se que as solenidades da Semana Santa sejam o objeto de foco das objetivas dos concorrentes, de forma a obter-se um registo fotográfico das manifestações associadas às celebrações pascais e da Semana Santa de Braga, uma das maiores festas religiosas de Portugal e da Península Ibérica, com uma tradição multissecular.

Ao longo de uma semana, os prédios vestem-se de roxo, as ruas são perfumadas com incenso e são recriados cenários da vivência da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo, as pessoas saem à rua, envolvendo-se em procissões de profunda religiosidade, que percorrem a cidade com figurantes, em atitude de nostalgia, contando com o apoio da população e dos milhares de turistas, que vivem esses momentos com muita curiosidade, entusiasmo, alegria, paixão e devoção, fazendo da Semana Santa de Braga, uma celebração única em Portugal e no mundo.

O tema proposto visa também homenagear o reconhecimento da Quaresma e das Solenidades da Semana Santa de Braga enquanto evento imaterial classificada no Inventário Nacional do Património Cultural e Imaterial de Portugal desde 14 de abril de 2022.

Simultaneamente, visa estimular o interesse e a sensibilidade dos concorrentes em particular e dos turistas e cidadãos em geral, no que diz respeito às cerimónias litúrgicas e celebrações pascais, num período sagrado para todos os cristãos e uma tradição religiosa que se mantém muito viva em Braga, oferecendo a quem as presencia, momentos plenos de significado e de uma beleza extraordinária, muitas vezes, comoventes, caracterizando-se também pela importância cultural e religiosa, que fazem parte da simbologia histórica e eterna da cidade de Braga.

Neste enquadramento, cada concorrente poderá apontar a objetiva ao geral e ao pormenor, ao material e ao imaterial, ao humano e à paisagem, aos rituais religiosos, aos costumes, tradições e outros elementos apelativos e importantes das solenidades que fazem parte do culto da Semana Santa de Braga, nomeadamente, as Procissões e os seus cenários, os Calvários, os Compassos Pascais da Cónega, (Rua da Boavista, segunda-feira), os Compassos que percorrem as ruas da cidade para visitarem as casas que desejam receber a Cruz, a decoração da cidade, e todas as temáticas e decorações do dia da Páscoa com o seu ambiente particular e muito peculiar e outros motivos de especial interesse relacionados com o tema.

Este concurso é promovido pela Câmara Municipal de Braga, contando com a parceria da Koy Lab – Album Tailoring, empresa sediada em Braga. Nesta edição, e tal como já é hábito, haverá lugar a uma exposição pública, na Fonte do Ídolo, na qual estarão patentes os trabalhos premiados pelo Júri, bem como uma fotografia de cada um dos concorrentes, nos termos do regulamento do concurso.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES