Quinta-feira , Outubro 19 2017 Periodicidade Diária nº 1513
Principal / Cultura / O regresso dos Três Tristes Tigres passa amanhã por Braga

O regresso dos Três Tristes Tigres passa amanhã por Braga

Nasceram nos idos anos 90, à volta de um gravador de cassetes. Voltam agora aos concertos, 13 anos depois do último. Ana Deus e Regina Guimarães fabricavam informalmente colagens e canções. Antes da formação que dará origem ao primeiro disco dos Três Tristes Tigres (TTT), o jogo da escrita estendeu-se a Ricardo Serrano. Os primeiros concertos, no bar Aniki-Bobó (Ana Deus e Paula Sousa ao vivo, Regina Guimarães ao morto) assemelhavam-se a um cabaret pop, entre o poético e o corrosivo. “Partes Sensíveis”, de 1993, será o rasto da primeira configuração dos TTT.

Depois da saída de Paula Sousa, aprofunda-se a colaboração entre Ana Deus e Alexandre Soares que, entretanto, se juntara à banda como músico convidado. Dessa aventura artística nascerão dois discos de originais – “Guia Espiritual” (1996) e “Comum” (1998) – e uma compilação, “Visita De Estudo” (2001), que como o seu nome indica, contém revisitações, algumas distanciadas, de composições anteriores. Em 2004, os Três Tristes Tigres fizeram, após ausência de quase três anos, uma meteórica aparição no Serralves em Festa. Só em 2017, graças ao convite para o Porto Best Of, se voltaram a juntar e atuaram com a cumplicidade habitual dos companheiros de estrada João Pedro Coimbra e Quico Serrano e a novidade da participação de Rui Pedro Martelo.

Depois de mais dois concertos, um no festival MIMO e outro no Lux, os TTT chegam agora a Braga e com eles trazem a revisitação de dois dos mais importantes discos na história da música portuguesa: Guia Espiritual e Comum. Amanhã, às 22h30, reavivam discos e memórias no gnration.

Acerca Braga TV

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *