Terça-feira , Junho 27 2017 Periodicidade Diária nº 1399
Principal / Notícias / Bloco de Esquerda defende recuperação do Bairro do Penedo

Bloco de Esquerda defende recuperação do Bairro do Penedo

“O estado de abandono em que se encontra o Bairro do Penedo, não pode continuar”, afirmou Paula Nogueira depois de uma visita ao antigo bairro operário, meio escondido entre prédios, atrás da Estação ferroviária.

A cabeça de lista do Bloco de Esquerda à Câmara de Municipal Braga conversou com alguns moradores, que recordaram o tempo em que o bairro tinha mais de 500 moradores, quando hoje não chegam a 200. “Uma parte significativa dos atuais residentes são de nacionalidade romena, que ali encontram quem lhes alugue casas baratas, muitas em más condições de habitabilidade. Comportamentos menos adequados de alguns desses cidadãos criam tensão e alguma sensação de insegurança, que levou, por mais que uma vez, à intervenção das autoridades policiais”, disse Paula Nogueira.

Durante a visita, a candidata também pôde confirmar que há “muitas casas abandonadas e em ruínas, o estado de limpeza das ruas é deplorável, a erva expande-se pelas ruas, o cheiro é desagradável e o sentimento das pessoas é de que foram abandonadas”.

Paula Nogueira recordou a origem operária do bairro – cujos moradores trabalhavam na fábrica que viria a dar origem à antiga Maconde, bem como no antigo matadouro –  e o seu lado “castiço”, “onde persiste um forte sentimento de pertença e de identidade”, que comparou à zona dos Galos, para considerar que o Penedo precisa de uma intervenção que combine as áreas da habitação, da intervenção social e da inclusão de uma comunidade estrangeira.

“Talvez pudesse ser estudada a possibilidade de a autarquia ou a Bragahabit adquirirem e recuperarem algumas casas e vendê-las ou alugá-las a casais jovens. Seria uma forma de repovoar o bairro, cuja zona verde e de lazer, também pode ser atrativa para crianças. Mas podem ser estudadas outras hipóteses. Como está é que não pode continuar”, afirmou a candidata, que recordou o notável trabalho de reabilitação urbana feito na zona de Couros em Guimarães, para dizer que “é possível mudar radicalmente o destino de alguns territórios de exclusão e de degradação. Temos é de inverter as prioridades políticas”.

Aproveitando a presença no bairro, a candidata esteve também na sede dos Leões do Penedo que, na sua opinião, “desenvolve um meritório trabalho de animação comunitária”, que foi dado a conhecer pelo seu presidente, João Monteiro.

Acerca Braga TV

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *